voltar

Vinte Anos de Constituição: Virtudes,
Crise e Desafios - 2008

Faça o download do programa completo
ou visualize na versão .pdf

JUSTIFICATIVA

A Constituição de 1988 é, inquestionavelmente, a mais extensa, criativa e polêmica de tantas quantas regeram o País.

Após 20 anos de existência, já recebeu dos mais variados segmentos da sociedade brasileira abundantes avaliações, positivas e negativas.

Nada obstante os defeitos que possa conter, ela representa um marco simbólico e importante na história do Brasil: o fim de um ciclo autoritário e o início de uma nova experiência democrática, que se pretende duradoura.

 

Oportunidade

É chegado o momento de aproveitar ao máximo a experiência vivida, para que possamos escoimar da Constituição seus erros e preservar seus acertos, reordenando a ordem jurídica para a imensa tarefa de construção do Brasil neste século.

 

Objetivos

  • Propiciar análise objetiva, multidisciplinar e sistêmica das crises por que passa a Constituição de 1988 e suas implicações.
  • Auscultar a opinião e colher sugestões de interlocutores destacados dos setores público e privado, com vistas à superação das crises e ao aprimoramento da Ordem Constitucional.
  • Estimular o debate sobre as matérias versadas, mediante ampla divulgação dos anais do Congresso.

 

Conferêncistas

José Cechin
José Pastore
Luiz Flávio Borges D'Urso
Manoel Gonçalves Ferreira Filho
Maria Odete Duque Bertasi
Marli Ferreira
Ministro Gilmar Mendes
Ney Prado
Paulo Nathanael Pereira de Souza
Paulo Rabello de Castro
Renato Ferrari
Ricardo Lobo Torres
Roque Antonio Carrazza
Ruy Martins Altenfelder Silva
Sydney Sanches
Teori Albino Zavascki
Wagner Balera

Almir Pazzianotto Pinto
André Ramos Tavares
Antonio Carlos Rodrigues do Amaral
Antonio Cláudio Mariz de Oliveira
Antonio Delfim Netto
Bernardo Cabral
Carlos Mário da Silva Velloso
Cássio Mesquita Barros
Dalmo de Abreu Dallari
Damásio Evangelista de Jesus
Denis Lerrer Rosenfield
Estevão Mallet
Fábio de Salles Meirelles
Fábio Medina Osório
Francisco Rezek
Ives Gandra Martins
Jairo Saddi
José Carlos Cosenzo