voltar

Manoel Gonçalves Ferreira Filho

Nascido em São Paulo, Capital, em 21 de junho de 1934, MANOEL GONÇALVES FERREIRA FILHO formou-se em Direito na Faculdade de Direito da USP em 1957. Tendo feito pós-graduação na Universidade de Paris, obteve o doutorado nessa instituição em 1960. 

Em 1965, logrou a livre-docência de Direito Constitucional na Faculdade de Direito da USP, havendo conquistado o cargo de titular dessa mesma disciplina, na citada Faculdade, em 1969. Aposentado em 2004, ainda participa do curso de pós-graduação dessa instituição.


Na vida acadêmica, foi Diretor da referida Faculdade (1973/1974) e, em diversas oportunidades, Chefe e Vice-Chefe do Departamento de Direito do Estado, tendo sido também de Coordenador do Curso de Pós-graduação. 
Na vida política, foi Vice-Governador (1975/1979), havendo exercido interinamente o Governo; suplente de Senador (1979-1987), havendo exercido temporariamente o mandato; Secretário da Administração (1982) e da Justiça (1982/1983). Também foi Chefe de Gabinete e Secretário-Geral do Ministério da Justiça (1969/1971), havendo exercido interinamente o cargo de Ministro.


Integrou o Conselho Federal de Educação (1983/1994), do qual foi Vice-Presidente e depois Presidente (1991/1994), além de haver sido membro do Conselho Estadual de Educação de São Paulo (1981/1983).
Publicou vinte livros dentre os quais se destacam Curso de Direito Constitucional, Do processo legislativo, Aspectos do Direito Constitucional contemporâneo, A democracia no limiar do século XXI, O Poder Constituinte, Estado de Direito e Constituição, Direitos humanos fundamentais, A democracia possível, e, mais recentemente, Princípios fundamentais do direito constitucional, etc. Coordenou o livro Liberdades Públicas, em que colaborou. Igualmente, contribuiu para trinta e cinco outros livros, assim como já publicou mais de duzentos artigos, no Brasil e no estrangeiro. 
Proferiu conferências no exterior, em Portugal, na França, no Uruguai, etc., bem como nas principais Faculdades de Direito e Universidades brasileiras.

É doutor honoris causa da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, foi Professor visitante da Faculdade de Direito de Aix-en-Provence, na França. É Presidente do Instituto “Pimenta Bueno” – Associação Brasileira dos Constitucionalistas, membro da Academia Brasileira de Letras Jurídicas e da Academia Internacional de Direito e Economia.

Possui as medalhas de Grande Oficial da Ordem do Mérito Educativo da República Federativa do Brasil e da Ordem do Ipiranga do Estado de São Paulo, bem como a Medalha Anchieta da Câmara Municipal de São Paulo.